Couro sintético e natural: saiba como diferenciar! – Agittus

Couro sintético e natural: saiba como diferenciar!

103583-couro-sintetico-e-natural-saiba-como-diferenciar

Quando o clima esfria, é hora de tirar as peças de couro do armário. Antigamente, o couro se restringia a casacos, botas, cintos, mas hoje é possível encontrar diversas peças confeccionadas a partir desse material.

De tão comum que se tornou, a tecnologia passou a caprichar nos tecidos sintéticos, aqueles que imitam os tecidos naturais. Mas aí fica a dúvida: como diferenciar couro sintético e natural?

A seguir, falamos mais sobre esse assunto e daremos algumas dicas para você cuidar muito bem dos dois materiais. Acompanhe!

Há diferença de durabilidade entre couro sintético e natural?

Sim. O couro natural é um tipo de pele, por isso tem duração de mais ou menos 100 anos. Já o couro sintético, que é feito à base de compostos de petróleo, costuma durar por volta de 4 anos.

É claro que, quanto melhor você cuidar tanto de um quanto de outro, mais tempo eles vão durar. Ou seja: dá para ter looks estilosos com itens feitos de couro por muito mais tempo!

Quais cuidados tomar para que esses tecidos durem mais?

O couro natural pode ficar craquelado se você não aplicar hidratante a cada três meses. Quem vive em regiões mais quentes, por exemplo, demora mais tempo ao longo do ano para tirar o couro do armário. E o couro é uma pele, certo? Assim como com a sua pele do corpo, o certo é cuidar muito bem dele.

Por isso, aplique hidratante comum, com auxílio de algodão. Evite dobrar casacos de couro, inclusive os sintéticos, e até mesmo guardar em sacos plásticos. Esses hábitos podem amassar o tecido e evitar que ele “respire” enquanto estiver guardado.

Também é preciso tomar cuidado na hora de lavar o couro. Procure sempre dar aquela conferida na etiqueta para fazer a lavagem correta e, principalmente no caso do couro sintético, jamais coloque na máquina de lavar roupas, ok?

De que forma são produzidos?

É fácil deduzir a origem do couro natural, não é? Ele vem da pele de animais diversos, que é curtida e tratada para que não apodreça. Já o couro sintético é um tecido laminado, coberto por uma camada de outro material, geralmente derivado de petróleo.

Como diferenciar couro sintético e natural?

O desenvolvimento da tecnologia está sempre buscando garantir que a gente use peças de couro sintético cada vez mais parecidas com o que a natureza criou (e o homem aprimorou). Por isso, às vezes não é tão fácil perceber as diferenças.

Mas, se ficar em dúvida sobre a origem do material usado para criar a peça, temos algumas dicas para tentar diferenciar os tecidos:

  • confira a etiqueta do produto. Se for 100% couro ou 100% leather, pode confiar que é couro natural;
  • o cheiro do couro natural é diferente do sintético. O natural tem cheiro de pele, já o sintético vai ter cheiro parecido com o de plástico;
  • o couro natural não costuma pegar fogo. Se for na cor preta, a proximidade com o fogo não afeta em nada a aparência do material. Já o couro sintético derrete na hora;
  • tanto um quanto o outro pode ter cores diferentes, mas o couro sintético costuma ser todo lisinho, enquanto o couro natural, geralmente, tem marcas como arranhões, vincos e ranhuras próprias.

E você, está preparado para diferenciar couro sintético e natural e fazer os dois tecidos durarem mais? Se tiver alguma dúvida ou observação, conte pra gente aqui nos comentários!

Comentários

comentários

VEJA TAMBÉM

RECEBA NOSSAS NOVIDADES

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

AGITTUS NAS REDES

CURTA, COMENTE, COMPARTILHE E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DA AGITTUS!